sexta-feira, outubro 23, 2009


Vinicius de Moraes e Adoniran Barbosa por Maysa;
Roberto Ribeiro
e; Elizeth Cardoso

Bom dia, tristeza
(Vinicius de Moraes e Adoniran Barbosa)


Bom dia, tristeza
Que tarde, tristeza
Você veio hoje me ver
Já estava ficando
Até meio triste
De estar tanto tempo
Longe de você

Se chegue, tristeza
Se sente comigo
Aqui, nesta mesa de bar
Beba do meu copo
Me dê o seu ombro
Que é para eu chorar
Chorar de tristeza
Tristeza de amar

por Maysa:


por Roberto Ribeiro
A tristeza é um bichinho que parrueta sozinho
E como rói a bandida
Parece rato em queijo parmesão.

(introdução de Adoniran Barbosa):


por Elizeth Cardoso:

1 Comentários:

Às 1:15 da manhã , Blogger Marcelo Mayer disse...

foi uma baita resposta para quem dizia que adoniran e o samba paulista não sabia fazer samba bonito.
não, aqui não é o cemitério do samba!

mandou bem!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial