sábado, fevereiro 10, 2007

Manuel Bandeira por Nara Leão

Azulão

"Manoel Bandeira é sem dúvida o poeta de que mais valeram os compositores na busca de um tema para suas melodias. Talvez pela suave musicalidade imanente aos seus versos. Aqui uma parceria com Jayme Ovalle, das mais perfeitas, se é que assim se possa falar com relação a uma obra de arte." Nara Leão

Vai Azulão
Azulão companheiro vai
Vai ver minha ingrata
Diz que sem ela
O sertão não é mais sertão
Ah, voa, Azulão
Azulão, companheiro vai...

Jayme Ovalle e Manuel Bandeira

Download em:
http://www.sendspace.com/file/hahhrb

2 Comentários:

Às 11:01 da manhã , Blogger Silvio Vasconcellos disse...

Oi, Thiago!

Eu assisti ontem (16 de maio de 2008) a Kathleen Batle cantar esta poesia com o coral das Meninas de Petrópolis, no Municipal do RJ, junto com a OSB. Coisa linda de se ouvir!
Vim em busca da versão que um dia você ofereceu, mas este link lamentavelmente está inativo. Teria como indicar um novo link? Muito obrigado!

 
Às 10:03 da manhã , Anonymous Valdir Pícolo disse...

No caso de Azulão, a melodia composta por Ovalle é que foi letrada por Bandeira. Outra situação parecida aconteceu com Modinha, escrita por Bandeira com o pseudônimo de Manduca Piá, sobre seresta de Villa-Lobos. Aliás isso aconteceu apenas com essas duas. Todas as outras de Bandeira a poesia vem antes da melodia.

Fonte: O Santo Sujo - A Vida de Jayme Ovalle do Humbero Werneck

Abraço e parabéns pelo blog.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial