quinta-feira, junho 22, 2006

Poesia de Hilda Hilst musicada por Zélia Duncan

É lícito me dizeres que Manã tua mulher
virá à minha casa para aprender comigo
minha extensa e difícil dialética lírica
canção e liberdade não se aprendem

Mas posso encantada se quiseres
deitar-me com o amigo que escolheres
e ensinar a mulher e a ti Dionísio
a eloqüência da boca nos prazeres
e plantar no teu peito prodigiosa
um ciúme venenoso e derradeiro

Hilda Hilst


Para fazer download da poesia musicada:
http://www.badongo.com/file/921638
ou
http://rapidshare.de/files/23793819/can__o_vii_com_z_lia_duncan.mp3.html

1 Comentários:

Às 4:54 da tarde , Blogger Romulosilva88 disse...

Você tem as outras poesias desse disco da hilda Hilst (Ode descontínua e remota para flauta e oboé)?

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial